Take.Test no Chatbot4devs

O evento foi um sucesso! Como falamos no blog, apesar do evento se chamar Chatbot4Devs, tivemos pessoas de uma infinidade de áreas interessadas no fenômeno dos chatbots. Além dos desenvolvedores, tivemos pessoas de design, marketing, negócios e muito mais. Pessoas interessadas em criar seus próprios chatbots e que não eram de uma área de tecnologia — e obviamente, os QAs marcaram presença!

O time do Take.Test conta com um número maior de mulheres, e o CB4Devs foi muito bacana neste sentido. Mais de 100 mulheres no evento foi um forte recado para o mercado, que ainda é majoritariamente masculino!

chatbot4devs mulheres

Em números gerais, tivemos 393 pessoas presentes no evento, representando 48 cidades diferentes de 10 estados.

Highlights Chatbot4Devs

Como o CEO da Take, Roberto Costa, falou em sua palestra: Os chatbots vão engolir o mundo. E muita gente pôde conhecer essa nova tecnologia! Se inspiraram em várias ideias para criar seus próprios chatbots e também viram no BLiP um facilitador para criar bons chatbots de forma rápida.

Houve várias palestras legais para destacar e vários pontos interessantes que chamaram atenção. Um deles foi a experiência internacional do Peter Buch com o Swelly, que viu um mercado estagnado nos aplicativos móveis e resolveu portar totalmente seu app para um bot no Facebook Messenger.

O interessante é a simplicidade da ideia do Peter, que resolve a dúvida de milhões de pessoas. Ele falou muito em como precisamos focar em resolver algum problema MUITO bem e não tentar resolver todos os problemas. Isso é o que esperamos de um chatbot.

O Emanuele foi outra presença internacional e é um evangelizador nato da comunidade de chatbots. CEO da Heroes, projeto bem ousado, em que você pode conversar com seus “heróis pessoais” (celebridades, influenciadores) de forma totalmente exclusiva e no momento ideal para que isso aconteça.

Vimos na palestra da Gartner como os chatbots vão fazer parte do nosso dia a dia cada vez mais, e como os aplicativos terão menos utilização. O CTO da Take, Sérgio Passos, também comentou: Se quisermos entrar na onda que está crescendo, o momento agora!

O painel do Sebrae teve algumas informações muito legais, como o fato das mulheres serem mais de 50% dos gamers brasileiros, o que reforça aquela crescente das mulheres na tecnologia. Outras duas dicas bacanas foram: Troquem conhecimento, sem essa bobagem de que alguém pode roubar sua ideia. Isso é essencial no ecossistema atual de startups.

E uma coisa que nossos leitores vão gostar muito: O mercado de TI tem uma demanda grande de pessoas capacitadas, ou seja, faltam profissionais. Vamos totalmente na contramão da crise.

Palestras BLiP

As palestras que falaram sobre o BLiP e suas novidades foram uma das partes mais legais do evento. Primeiro que, a cada novidade que o Sérgio Passos anunciou na plataforma do BLiP, você via a reação da galera que não tinha noção que nossa plataforma era tão completa. As palestras do dev Rafael Pacheco, UX Caio Calado e Keyla Macharet, uma das lideranças no time de desenvolvimento na Take, serviram de inspiração para muita gente começar a desenvolver seus chatbots. Eles levantaram pontos como:

  • precisamos entender o problema do cliente e entender se aquela solução é realmente uma solução, ou se apenas criará outro problema;
  • criar um chatbot é fácil, mas criar um bom chatbot é um pouco mais complicado, e o BLiP está lá para ajudar a gente nesse processo.

Por fim, tivemos uma palestra do Sérgio Gama mostrando o poder do Watson na inteligência artificial, mais uma das integrações do BLiP.

Depoimentos

Para finalizar, vocês podem conferir abaixo alguns depoimentos de Take.Seres que foram como convidados ao evento:

“Estar no chabot4Devs é como se tivesse dentro de uma máquina do tempo visitando futuro. Entender um pouco qual é e qual vai ser a tendência daqui pra frente. O evento conseguiu passar isso com uma maestria. A organização pensando em todos os detalhes e todas as experiências. Uma palestra que gostei muito foi da Gartner falando sobre tendência de mercado.” Luis Motta

“O ChatBot4Devs para mim foi uma experiência excelente em todos os aspectos, as palestras em si abordaram temas com clareza aguçando acredito que 100% dos presentes a entrar no universo do futuro que é o de chatbots, mostrando do básico da construção de um bot à implementação de inteligência artificial assim como tendências de mercado para os próximos anos. Os estandes do blip também não ficaram pra trás, a divisão dos estandes de acordo com as etapas de construção de um bot facilitaram muito o entendimento de cada parte do processo. Evento em minha opinião 10/10.” Leonardo Tereza

Sobre o(a) autor(a)

Alexandre Pretti
Alexandre Pretti

Graduando em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Minas Gerais, apaixonado pela área de Testes, principalmente Testes de Desempenho, iniciou a carreira na área em 2014.
Atualmente, continua na área de testes e qualidade como estagiário na Take.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar as seguintes tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

by Take ® 2015 | Todos os direitos reservados.linkedin